Loading...
Dicas de Saúde

SINAIS GRAVES DE APENDICITE!

A apendicite é uma inflamação do apêndice — um órgão linfático que está conectado ao intestino grosso.

O apêndice não tem uma função muito específica e é possível retirá-lo sem causar nenhum problema adicional.

A apendicite é uma das urgências cirúrgicas mais comuns e acomete, principalmente, adolescentes e adultos jovens, dos 10 aos 30 anos, embora possa ocorrer em qualquer idade.

Como identificar sinais de apendicite?

No artigo de hoje vamos indicar 7 passos para você reconhecer os sintomas da apendicite e procurar atendimento médico o mais rápido possível. Confira:

1. Dor abdominal do lado direito

A dor da apendicite geralmente se localiza do lado direito e na parte baixa do abdômen. É uma dor forte, pontual, bem localizada e contínua.

Em alguns casos, essa dor pode começar na região do umbigo ou na parte baixa da coluna.

Mover as pernas ou o abdômen para tossir e espirrar, por exemplo, costuma agravar a dor.

No entanto, ela se inicia com baixa intensidade, podendo primeiro ser sentida na parte alta — na boca do estômago — para, então, se tornar mais intensa e localizada.

2. Febre moderada acompanhada de dor abdominal

A febre que acompanha a apendicite costuma ser moderada — ficando entre 37,5 e 38 graus. Algumas pessoas também têm calafrios. Porém, quando há um agravamento do quadro, com a ruptura do apêndice, a febre é alta e passa dos 38,5 graus.

Se você tiver dor abdominal intensa e febre alta procure um médico, pois, esse é um caso de emergência (vale lembrar que esses sintomas nem sempre é apendicite).

3. Perda de apetite, enjoos e vômitos

É comum que no início dos sintomas de apendicite a dor abdominal venha acompanhada de perda de apetite, enjoos e vômitos.

Como esses também são sintomas de outras doenças, é essencial procurar atendimento médico se o problema for recorrente e se a dor no abdômen aumentar a intensidade.

4. Desconfortos intestinais

A infecção do apêndice causa uma obstrução do intestino e pode levar tanto a um quadro de diarreia intensa quanto de prisão de ventre.

5. Sensibilidade no abdômen

Abdômen sensível, com sensação de dor mesmo com um leve toque, também pode ser sinal da apendicite.

Assim como a descompressão brusca: se você apertar o lado direito inferior do abdômen, soltar rapidamente e sentir uma dor intensa deve procurar imediatamente um atendimento médico.

6. Sintomas da apendicite em crianças menores de cinco anos

Vômitos, náuseas, febre e dor abdominal são os principais sinais de apendicite nas crianças menores de cinco anos.

Nos bebês, a distensão abdominal (inchaço da barriga) é mais comum que a dor, estando presente em aproximadamente 75% dos casos.

7. Sintomas da apendicite em grávidas

Os sintomas da apendicite podem ser confundidos com desconfortos comuns da gestação, como náuseas e dores estomacais.

Como o apêndice está mais alto devido ao crescimento do útero, a dor poderá ser sentida na parte superior do abdômen.

Outros sintomas comuns em gestantes com apendicite são: gases, acidez e episódios alternados de prisão de ventre e diarreia.

Quais são as causas e tratamentos disponíveis?

As causas da apendicite não são conhecidas, mas o acúmulo de matéria fecal é um dos principais fatores para o desenvolvimento do problema.

Uma dieta rica em fibras é indicada como uma forma de prevenção, já que previne a prisão de ventre e melhora o trânsito intestinal. O tratamento para apendicite é sempre cirúrgico.

Apesar de ser muito comum, a apendicite é grave se não for diagnosticada rapidamente.

Complicações como necrose de parte do intestino e rompimento do apêndice podem surgir de 48 a 72 horas após o início da dor, podendo até mesmo levar à morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *