Loading...
Dicas de Saúde

Vacinas que os Adultos Devem Tomar!

Não são só as crianças que precisam ser vacinadas, adultos também devem tomar vacinas. Além da imunização contra gripes, os adultos precisam manter em dia a carteira de vacinação contra outras doenças infectocontagiosas. Muitos não sabem, mas doenças comuns na infância podem acometer pessoas com mais idade.

Sarampo, caxumba e rubéola são doenças prevalentes em crianças, mas ninguém está 100% livre delas ao ficar com mais idade. Além disso, o risco de ocorrência de algumas doenças, como a Hepatite B, por exemplo, é maior nos adultos. Já a vacina contra difteria e tétano deve ser tomada a cada dez anos.

A partir dos 60 anos surgem alguns riscos, como de pneumonia, que pode ser fatal. Outra doença que pode acometer os idosos é a herpes-zóster, que normalmente não traz complicações para os mais jovens, porém, com o envelhecimento, uma das consequências pode ser a neuralgia pós-herpética, isto é, um quadro de dor crônica que se prolonga por até um ano. O risco aumenta após os 85 anos, quando as chances de ocorrer o problema sobem para 50%. A vacinação pode ser aplicada após os 50 anos.

Febre amarela: O Brasil tem registrado casos frequentes de febre amarela, principalmente em ambientes rurais. A febre amarela silvestre é endêmica em toda a região Norte e Centro-Oeste e em partes das regiões Sudeste, Sul e Nordeste. O vírus da doença está presente em macacos e passa para as pessoas pela picada do mosquito.

A febre amarela urbana é menos comum, porque o Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunha, não é o vetor da doença. Porém, se uma pessoa que contraiu dengue na área rural for picada na zona urbana pelo Aedes aegypti, a doença poderá ser transmitida.

Por isso, para quem gosta de turismo rural e ecológico – ou vai viajar para o Norte ou Nordeste do Brasil e países como Colômbia, Peru, África do Sul e Austrália – indica-se a imunização por meio de vacina.

Outras imunizações: Já viagens para países da Europa como Itália, Alemanha, Holanda e Reino Unido oferecem risco de infecção por sarampo. Se a pessoa estiver em dia com a vacina Tetra Viral, estará protegida, já que ela – além de catapora, rubéola e caxumba – protege contra o sarampo também. Quem pretende ir para a Índia, além da imunização contra a febre amarela, deve ser vacinado contra a malária.

As vacinas têm um período, que varia entre 10 dias a seis semanas para atingir a proteção esperada, por isso, o ideal é manter sempre a carteira de vacinação em dia para manter-se imunizado e não perder oportunidades de viagens e passeios ou ser infectada por pessoas com vírus.

O portal da Sociedade Brasileira de Imunizações disponibiliza o calendário de vacinação para todas as faixas etárias. Para saber mais é só acessar: http://sbim.org.br/calendarios-de-vacinacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *